top of page

A dieta cetogénica na composição corporal e performance

A corrente da dieta cetogénica, nas suas diversas variantes, ganhou adeptos fervorosos nas últimas décadas que evangelizam pelas redes sociais a sua doutrina alimentar, relatando aumentos de energia, saciedade, e perda de peso. Tentador, para mais quando não existe restrição calórica pré-definida associada a este tipo de dieta, mas apenas no consumo de hidratos de carbono. Nos anos 20 foi descoberto que a restrição severa de hidratos de carbono mimetizava o metabolismo do jejum prolongado, com um aumento da produção de corpos cetónicos. Mas a verdade é que poucos parecem entender o processo, o que é realmente a cetose, e a sua finalidade fisiológica. Trata-se de um mecanismo de sobrevivência que evoluiu connosco para sustentar a vida em períodos longos de escassez, e para “driblar” as limitações da utilização de ácidos gordos como energia. Uma via metabólica para condições extremas, à qual estamos adaptados mas não necessariamente ideal noutro contexto.

Quer ler mais?

Inscreva-se em sergioveloso.pt para continuar lendo esse post exclusivo.

0 comentário

Comentários

Não foi possível carregar comentários
Parece que houve um problema técnico. Tente reconectar ou atualizar a página.
bottom of page